32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Nos preparativos para eleição, PDT quer eleger 15 vereadores na Capital

quinta-feira, 20 de junho 2024

O prefeito José Sarto (PDT) e aliados do PDT, já se preparando para a eleição municipal, reforçaram a meta de eleger 15 vereadores do partido em Fortaleza no pleito de outubro deste ano. “O PDT vai de chapa completa, serão 44 homens e mulheres, todos eles e elas já com uma intimidade muito grande com Fortaleza. A gente vai fazer cerca de 15 vereadores e vereadoras em Fortaleza”, afirmou Sarto nessa quarta-feira (19) em entrevista coletiva. Atualmente o PDT já tem a maior bancada da Câmara Municipal, com 13 do total de 43 parlamentares.
Na noite da última terça-feira (18) o PDT Fortaleza reuniu na sede do partido os pré-candidatos na eleição para a Câmara Municipal para tratar da disputa. O momento contou, inclusive, com a presença de Sarto, que é pré-candidato à reeleição. A eleição de uma ampla base na Câmara é estratégica para que ele chegue com força em um possível segundo mandato. “Estive reunido, nesta noite, com cerca de 50 pré-candidatos e pré-candidatas do PDT à Câmara Municipal de Fortaleza. É um grande orgulho caminhar ao lado de um time inteiramente comprometido em defender o projeto que está em andamento na nossa cidade. Vamos juntos trabalhar para eleger 15 vereadores desse grupo de homens e mulheres de muito valor”, escreveu Sarto nas redes sociais após a reunião.
Além do prefeito e dos pré-candidatos ao Legislativo municipal, estiveram presentes nessa reunião outras lideranças pedetistas como o presidente municipal do PDT, o ex-prefeito Roberto Cláudio; o presidente estadual do PDT, Flávio Torres; o deputado estadual Antônio Henrique, que já foi presidente da Câmara de Vereadores da Capital, entre outros.
Conforme Antônio Henrique afirmou ao O Estado, esse momento já faz parte do início do planejamento da campanha do prefeito Sarto e da chapa de vereadores do PDT. Segundo ele, a reunião evidenciou que o partido tem mais pré-candidatos do que o máximo de 44 permitido para a eleição para vereador. A expectativa é que os demais disputem a eleição por partidos aliados ao PDT.
“Talvez alguém pudesse até imaginar que o PDT não teria uma chapa completa, mas nós temos não só uma chapa completa como temos um número de candidatos passando do que deverá ser apresentado, de 44 nomes”, afirmou o deputado, em referência às baixas que o PDT teve em meio ao racha no partido a partir de 2022, que culminou na saída de alguns de seus integrantes ligados ao senador Cid Gomes, hoje filiado ao PSB.
Ainda segundo Henrique, a reunião serviu para um alinhamento político entre os pré-candidatos e para “mostrar a importância não só do Legislativo, mas também do Executivo, que tem o nosso candidato que é o Sarto”. Além disso, outras reuniões promovidas pelo PDT estão previstas, agora entre os partidos aliados e um grupo responsável por conduzir a campanha do prefeito Sarto e dos candidatos ao Legislativo municipal. “Nada melhor do que começar com os de casa”, disse Henrique.
Vice com o PSDB
Outra discussão que deve ser feita pelo PDT nos próximos dias é a escolha do vice na chapa de Sarto. Ao ser questionado, o prefeito não confirma que Élcio Batista (PSDB) seguirá ao seu lado na chapa à reeleição.
Antônio Henrique disse que o PSDB tem a prerrogativa de indicar o vice de Sarto, mas ressaltou que até agora “nada está definido”. “Nós temos a cabeça (da chapa) que é do PDT, com o Sarto, e temos outros partidos (aliados) como o Avante, o PSDB, o Cidadania, o DC, o PRD, enfim. Obviamente que o PSDB hoje já tem a vice-prefeitura com o Élcio e acredito que deverá ficar com o PSDB. Se o nome do Élcio for indicado pelo PSDB, a gente vai continuar caminhando junto. Se o PSDB, que tem essa prerrogativa para indicar o vice, colocar outro nome, nós deveremos analisar e aceitar, mas não tem ainda um nome definido”.
(Por Igor Magalhães)

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com