32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Novo chefe da Secom de Lula tem perfil discreto e mantém rumo da gestão Pimenta

terça-feira, 18 de junho 2024

O novo ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência), Laércio Portela, teve uma atuação discreta em seu primeiro mês no cargo e dá sequência às orientações na pasta que foram traçadas por Paulo Pimenta (PT). O antecessor busca manter a influência para retornar ao posto após o período no Rio Grande do Sul. Pimenta mantém o seu gabinete intocado, no segundo andar do Palácio do Planalto, de onde trabalha quando está em Brasília. Seus principais assessores seguem em posições chave na Secom, despachando diariamente com o ministro interino.
Laércio foi nomeado ministro da Secom em 15 de maio. Ele substitui interinamente Pimenta, que assumiu o cargo de ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul. Pimenta disse à Folha de S.Paulo que as diretrizes da Secom não são suas, mas do governo Lula (PT), e elogiou o trabalho de Laércio. “Eu procuro prestigiar e apoiar o Laércio na condução do dia a dia da Secom. É um profissional muito qualificado, agregador, que conduz o trabalho seguindo as diretrizes que não são da Secom, mas do governo”, afirmou.
As primeiras semanas de Laércio revelam que, mesmo distante, Pimenta segue mantendo forte influência sobre a Secom. A equipe permanece praticamente a mesma. Pimenta apenas levou consigo um secretário e, para ser seu secretário-executivo na nova pasta, o ex-secretário de Comunicação Institucional da Secom, Emanuel Hassen de Jesus, conhecido como Maneco.
Laércio deve nomear em breve duas ou três pessoas de sua confiança, mas a princípio não seriam para substituir nenhum indicado de seu antecessor. Interlocutores no Palácio do Planalto afirmam que o novo ministro tem uma atuação forte internamente e toma todas as principais decisões da pasta. Eles atribuem a discrição de Laércio ao fato de ele ter acabado de chegar à pasta e ainda estar se ambientando. Esses mesmos interlocutores afirmam que as diretrizes políticas da pasta seguem sendo as estabelecidas pelo ex-ministro, mesmo que ele não participe de reuniões internas.
Laércio ocupou o espaço de Pimenta nas reuniões matinais, quase diárias, com o presidente Lula para estabelecer os principais pontos da comunicação do Planalto. O presidente, citam aliados, tem “grande carinho” pelo novo ministro. Por outro lado, ele atua sem falas públicas. Todos os eventos públicos de sua agenda foram acompanhando Lula. Internamente, manteve reuniões de alinhamento com a sua equipe e com outros ministros e integrantes de pastas da Esplanada. A expectativa é que Pimenta volte a ser ainda mais presente na Secom nos próximos meses.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com