32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Técio critica falta de unidade da esquerda e diz que “polarização não é boa jogada”

terça-feira, 18 de junho 2024

Pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSOL caracterizou estratégia política do PT ao pleito deste ano como “uma candidatura mais ao centro”

Kelly Hekally

Técio Nunes é filiado ao PSOL/CE desde a fundação do partido / Foto: Dalila Lima / O Estado

Pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSOL, Técio Nunes afirma que os partidos de esquerda vivem uma dicotomia de visões, que tende a impactar nas Eleições 2024. O produtor cultural, que tem seu nome colocado pela primeira vez para concorrer a um cargo eletivo, conversou com O Estado na manhã desta terça-feira (18).

“Fico muito preocupado quando vejo parte da esquerda achar responsável olhar para esse fenômeno (o fortalecimento da extrema-direita) como um qualquer, apostar nessa polarização como se fosse uma boa jogada”, criticou o pré-candidato, ao mesmo tempo em que teceu ponderações acerca da pré-candidatura do PT na Capital e ao governador Elmano de Freitas (PT), a quem creditou como equivocada uma fala acerca de segurança pública.

Série Eleições 2024
Capitão critica Sarto, afaga Camilo e diz que André e Girão não têm perfil de conciliação
“A taxa do lixo é uma grande mácula desta Prefeitura”, diz Girão

“A esquerda tem que atualizar o discurso e propor ação dura contra o crime”, disse o governador ao O Globo, em entrevista publicada no último dia 9. “O Estado é que tem essa responsabilidade de cuidar da segurança pública”, retrucou Técio. Também sobre o PT, o psolista caracterizou a estratégia política da sigla ao pleito deste ano como “uma candidatura mais ao centro”.

“A eleição tende a ir muito à direita, haja vista o que está sendo pautado no Congresso. Acho que temos [a esquerda] um papel importante neste momento, que é de tentar fazer um debate numa perspectiva mais progressista”.

Técio acrescentou que “se todas as análises apontam que as eleições tendem a ir para a direita não é o papel da esquerda tentar puxar essa eleição para o centro, porque, toda vez que tenta, acaba deixando a direita mais fortalecida”.

O pré-candidato falou à reportagem sobre considerar que precisa haver “equilíbrio” nas pautas progressistas, mas reiterou posicionamento mais radical nas estratégias das bandeiras comuns ao combate ao ultra conservadorismo.

ANDRÉ E WAGNER
Técio comentou os índices de pesquisas eleitorais em que figuram nomes do campo da extrema-direita. “O André Fernandes se esforça muito para mostrar que é o cão fiel de [Jair] Bolsonaro [PL]. A principal crítica de André a [Capitão] Wagner é que Wagner não é um bolsonarista fiel. Então, não me surpreende ver a extrema direita colocada como força política social, com seus candidatos bem pontuados”, declarou sobre as pré-candidaturas de André Fernandes (PL) e Capitão Wagner (União Brasil) também ao Paço Municipal.

A entrevista na íntegra será publicada no próximo dia 24, no portal, nas edições impressa e digital e no YouTube do O Estado. Até esta terça, o jornal conversou com Capitão Wagner e o senador Eduardo Girão (Novo) para a Série Eleições 2024. O Estado vai receber também André Fernandes, Evandro Leitão (PT) e o prefeito José Sarto (PDT).

Mais conteúdo sobre:

técio nunes

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com