32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Tin Gomes ainda espera sua indicação até o fim do mês

sexta-feira, 25 de julho 2008

Os amigos de Tin Gomes (PHS) já não têm dúvida de que ele será mesmo o vice de Luizianne Lins (PT). O deputado Zezinho Albuquerque (PSB), por exemplo, confirma que o primo do governador será convidado brevemente pela candidata à reeleição. Enquanto isso, o vereador Carlos Mesquita (PMDB) já está na expectativa de ser o sucessor na presidência da Mesa Diretora do Legislativo Municipal.

O mais interessado na história, o presidente da Câmara, ainda está disponível e o prazo dado até segunda (22), como antecipou O Estado, foi ampliado para o final do mês. A justificativa é que, caso o anúncio não seja feito logo, sua postulação pode sair prejudicada. “Até agora, a espera não me prejudicou, porque meu CNPJ só saiu dia 16 e foi quando eu comecei a produzir meu material de campanha. Mas, se passar do dia 30, posso não aceitar o convite”, afirmou.

Tin declarou que o impasse entre a escolha do seu nome e a manutenção de Raimundinho está fazendo com que Luizianne perca um tempo precioso de fazer a abordagem corpo-a-corpo junto ao eleitorado de Fortaleza. “Ela precisa definir o quanto antes se é viável mudar ou não. Do contrário, podemos ter conseqüências na hora da população ir às urnas. Ela tem de ver se é bom mudar ou manter o que está aí”, indicou, se referindo a Raimundo Ângelo.

O preferido de Cid e da militância garantiu que não trata desse assunto diretamente com Luizianne por entender que é um tema de foro íntimo e que cabe à petista decidir o final da novela. Contudo, o parlamentar tem se reunido com Raimundinho nos últimos dias, inclusive no seu gabinete na Câmara. Ele negou que a sucessão municipal esteja como foco dos encontros e informou que as conversas aconteceram apenas para ajustar diretrizes em apoio às campanhas dos vereadores. “Só combinamos que seis reuniões serão feitas para isso ser definido. O caso do vice é com a prefeita”, assegura.

Sobre a decisão da Justiça de negar o pedido de indeferimento de registro de candidatura de Luizianne elaborado pelo Ministério Público, Tin disse ter certeza de que a postulação seria mantida e não acredita que isso possa trazer danos à prefeita. “Acho que não acarreta em nada negativo, porque a própria lei permite que haja mudança de quem será o vice até dias antes da eleição”, pontuou.

Foto: AGÊNCIA BRASIL

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com