32 C°

sexta-feira, 15 de outubro de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Unânime – Roberto Cláudio é eleito presidente da Assembleia

quarta-feira, 02 de fevereiro 2011

Por Bruno Pontes
Da Redação

Nem um dos 46 parlamentares que iniciaram ontem a 28a legislatura da Assembléia Legislativa votou contra a eleição de Roberto Cláudio (PSB) à presidência da Casa. Indicado pelo governador Cid Gomes (PSB), Cláudio fez saber aos colegas que seria o presidente de todos. “É uma tarefa complexa, desafiadora, mas que honra qualquer homem público que acredita radicalmente na democracia e entende o Parlamento como o mais sólido de seus pilares”, disse ele após ser coroado.

O deputado do PSB fez menção especial ao ex-presidente do Legislativo, o agora vice-governador Domingos Filho (PMDB). “Quero deixar meu reconhecimento à marcante administração da Mesa Diretora presidida por Domingos Filho. Seu respeito e profundo apreço pelo Parlamento, sua capacidade de liderança política e administrativa certamente marcam sua administração como histórica para nossa Assembleia”.

Junto com Cláudio foi eleita a chapa única para a Mesa Diretora do biênio 2011-2012. José Sarto (PSB) e Tin Gomes (PHS) ocuparão a 1ª e 2ª vice-presidências, respectivamente. Zezinho Albuquerque (PSB) permanece na 1º secretaria. Neto Nunes (PMDB) virou o 2º secretário. Os tucanos João Jaime e Téo Menezes foram eleitos para a 3ª e 4ª secretarias, nessa ordem. (ver quadro).

A sessão presidida por Gony Arruda (PSDB) durou poucos minutos e poderia ter sido ainda mais rápida, caso os novatos na Casa não tivessem se atrapalhado na hora de dar o voto eletrônico. No discurso como chefe da Casa, enxugando os olhos entre um parágrafo e outro, Cláudio agradeceu aos dois correligionários que passaram os últimos meses angariando apoio para chegar à cadeira que agora é dele. “Faço um agradecimento especial aos deputados Welington Landim e Zezinho Albuquerque pelo ato de desprendimento em favor da convergência partidária”, disse Cláudio.

SOLUÇÃO SALOMÔNICA
No último dia 14, Cid pôs fim à discreta peleja entre Landim e Zezinho ao indicar Cláudio como candidado do PSB ao comando do Legislativo. Antes da votação de ontem, Landim discursou para louvar o colega feito presidente e assegurar que a escolha dele se deu na maior tranqüilidade partidária. “O processo de escolha do novo presidente da Assembléia não foi tão simples e autoritário quantos setores da imprensa vêm comentando”, afirmou Landim.
Segundo o deputado, que segue na liderança do bloco PSB-PT, ele e Zezinho, cientes do impasse causado pela persistência de ambos, levaram a questão ao governador. “Sentimos, eu e o deputado Zezinho Albuquerque, as dificuldades do conflito que nossa disputa causava. Recuamos de nossas pretensões, atendendo as sugestões do presidente Cid Gomes, que o fez na busca de solução salomônica em favor de um tércius, o que recaiu no preparo e na competência de Roberto Cláudio”. Em vez de cortar o bebê em dois, o Salomão cearense cortou dois bebês em favor de um terceiro.

ENTRA NUNES, SAI PINHEIRO
Neto Nunes, que até anteontem não sabia se iria assumir o mandato, não só assumiu como garantiu a 2ª secretaria da Mesa. Ele havia tido sua candidatura questionada pela Justiça Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa. Na noite anterior à posse, teve o mandato garantido pelo TRE, por 4 votos a 1. “Estou tranqüilo, não guardo rancor. Fiz uma campanha como qualquer outro candidato a deputado fez”.

A felicidade de um era o desgosto de outro. Com a entrada de Nunes, o ex-vice-governador, Francisco Pinheiro (PT), eleito deputado em outubro, ficou de fora. O petista compareceu à cerimônia de ontem e só ali e naquela hora ficou sabendo que perdera a cadeira de deputado.

VISITA AO GOVERNADOR
Na sessão desta quarta-feira, a Assembleia receberá a visita do governador em exercício, Domingos Filho (PMDB). Ele lerá uma mensagem do Executivo, destacando as propostas de governo para os próximos quatro anos. Após a solenidade, os deputados retribuem e acompanham Domingos ao Palácio Iracema.

Mesa Diretora para 2011-2012:
Presidente: Roberto Cláudio (PSB); 1º vice-presidente: José Sarto (PSB); 2º vice-presidente: Tin Gomes (PHS); 1o secretário: José Albuquerque (PSB); 2o secretário: Neto Nunes (PMDB); 3o secretário: João Jaime (PSDB); 4o secretário: Téo Menezes (PSDB); 1o suplente: Manuel Duca (PRB); 2o suplente: Ely Aguiar (PSDC); 3o suplente: Paulo Facó (PT do B).

Deputados empossados
Antônio Granja, José Sarto, Eliane Novais, José Albuquerque, Mirian Sobreira, Roberto Cláudio, Sérgio Aguiar, Sineval Roque, Welington Landim (todos do PSB); Fernando Hugo, João Jaime, Moésio Loiola, Osmar Baquit, Rogério Aguiar, Téo Menezes (todos do PSDB); Heitor Férrer, Ferreira Aragão, Delegado Cavalcante, Patrícia Saboya (PDT); Dedé Teixeira, Rachel Marques (PT); Carlomano Marques, Lucílvio Girão, Neto Nunes (PMDB); Augustinho Moreira, Roberto Mesquita (PV); Fernanda Pessoa, Leonardo Pinheiro (PR); Ely Aguiar (PSDC); Hermínio Resende (PSL); Bethrose (PRP); Idemar Citó (DEM); Júlio César (PTN); Lula Morais (PC do B); Manuel Duca (PRB); Mário Hélio (PMN); Paulo Facó (PT do B); Ronaldo Martins (PRB); Stanley Leão (PTC); Tin Gomes (PHS); Wanderley Pedrosa (PTB).
 

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com