32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Fernando Maia

Com igualdade seria melhor

sexta-feira, 12 de abril 2024

Em meio a dúvidas sobre a Saúde no país, o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, abordou um tema que há décadas vem sendo alvo de cobranças de vários Estados. Sarto expôs as suas críticas com relação a um tema crucial, que diz respeito à liberação dos recursos destinados ao SUS, sistema modelo que tem salvado milhões de vidas, arrancando elogios e aplausos de Nações que são superpotências. Entretanto, o prefeito de Fortaleza faz uma indagação que não tem sido feita por outros que não são conhecedores da maneira como esses recursos são distribuídos, com a Bahia e Pernambuco obtendo a liberação de recursos para o SUS cinco vezes mais do total que tem sido destinado ao Ceará. Sobre o tema, Sarto afirma que, na presença da ministra da Saúde, Nísia Trindade, indagou-lhe quais os motivos para tal disparate em relação ao nosso Estado, onde os problemas de saúde se equiparam aos problemas baianos e pernambucanos. A ministra respondeu que simplesmente que não sabia. Então, é tempo de as autoridades e o próprio Ministério da Saúde explicarem ao público uma distorção que prejudica oito milhões de cearenses.

Não esqueçam o Ricardo. O Ceará permanece na frente da corrida pela produção de energias renováveis. Com HV2, eólica e solar, o nosso estado assumiu, pra valer, a dianteira. Mas não devemos esquecer que essa corrida foi iniciada pela grande atuação do presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, na articulação para atrair e instalar usinas no Pecém.

Números que preocupam. A tropa lulista do Ceará não esconde preocupação com os resultados de pesquisas relacionadas com os percentuais de aprovações e de rejeição ao governo do presidente Lula. A mais recente revela que por falhas da ENEL, 50% dos entrevistados creditam crescente desgaste na gestão de Lula.
Aumento de arrecadação. Há semanas autoridades responsáveis pelo trânsito advertem sobre o prazo (30 deste mês), para todos motoristas se submeterem a exames toxicológicos. Há informações de que mais de 59 mil desses profissionais não acataram a advertência feita. Os faltosos serão punidos com multa de R$ 1.467,35.
Vento e luz. O deputado Felipe Mota vem advertindo que a gestão do senhor Elmano Freitas está à beira da falência. O deputado suspeita que o governo, a falta de outros meios de arrecadação, vai terminar apelando a “inventivas” para cobrar impostos de consumidores de vento e luz solar, com taxa para uso de energia renovável.
Massapê sem dono. Com o racha na família do deputado Zezinho Albuquerque, em Massapê, o senador Cid entrou em ação apoiando a reeleição da prefeita Aline. Não está fácil. Do outro lado AJ Albuquerque, irmão da prefeita, aliou-se a Ozires Pontes, candidato do PSDB e filho do ex-deputado Luiz Pontes, que tem forte tradição política no município.
Desconforto. Não deu pra entender Bolsonaro ignorar o senador Eduardo Girão e o Capitão Wagner. Só prestigiou André Fernandes, ontem por ele lançado candidato à prefeitura de Fortaleza. Quem não gostou não deve reclamar. Aguarde a sua vez para bater palmas no próximo dia 21 no meio do sol quente da praia de Copacabana para o chefe, que ali fará pajelança.
Prestigiando Moésio. Nas filiações do PSB no Centro-Sul e no Cariri Oeste, o senador Cid Gomes e o deputado Marcos Sobreira agiram rápido atraindo lideranças de Iguatu e entorno. Entre os destaques filiaram o ex-deputado Moésio Loyola, que se prepara para retornar à Prefeitura de Campos Sales em grande estilo, apoiado por 10 entre 11 vereadores.

“Há certos políticos que vivem cercados de bajuladores, quando deveriam estar cercados pela polícia”. Quinca Barreto, ex-prefeito de Sobral.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com