32 C°

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Fernando Maia

Entortando juízos

Em recente reunião da Confederação Nacional de Municípios e União dos Vereadores do Brasil foi lançado projeto para orientar vereadores. Nas discussões preliminares, vereador maranhense sugeriu também a criação de cursos para eleitores para entender a confusão em que se acha o sistema político-partidário entortando o juízo de todo mundo. Há razões para essa preocupação a começar pelo surgimento de ideias atípicas como as fusões partidárias, misturando siglas sem harmonia entre dirigentes e militantes. Quando tínhamos no Brasil apenas três ou quatro partidos, e eles se coligavam, geralmente era porque havia identidade comuns. Atualmente com as fusões adotadas pela legislação, dirigentes, em flagrante desrespeito, armam acordos sem observar preceitos ideológicos que se afinem. Não importa o que pensa o eleitor. A impressão é a de que ele não precisa expressar nada, bastando apenas cumprir uma obrigação mecânica. Ministrar cursos para explicar m pouco tempo o inexplicável, é uma medida pequena de pouca utilidade. Mais conveniente seria um seminário como o de Bizâncio, cidade grega onde se discutiu por dois mil anos o sexo dos anjos.

Mexendo no Ceará. O ingresso do presidente Jair Bolsonaro no PL termina mexendo com a sucessão estadual no Ceará, onde a principal liderança desse partido, o presidente da Executiva estadual Acilon Gonçalves, está sendo pressionado pelos deputados Jaziel e Dra. Silvana para assumir o bolsonarismo. O entendimento do prefeito do Eusébio, segundo pessoas próximas, se distancia da consulta eleitoral, devendo ele priorizar composições regionais. Quando Bolsonaro chegou ao PL ele estava lá, e tinha compromissos que pretende honrar.

O Estado é laico. Os esforços do grupo evangélico do PL de nada adiantará. Acilon Gonçalves seguirá a orientação de Camilo Santana que o ajudou a eleger prefeitos de cinco municípios da região metropolitana de Fortaleza. O fato do presidente também ser evangélico, não importa. O estado é laico, oficialmente imparcial em relação as questões religiosas.

Terceira via. Dirigentes do PSD, Podemos e MDB do Ceará em alerta diante da disposição do candidato do PSDB à presidência da República. João Dória quer discutir entendimentos com dirigentes nacionais desses partidos para a busca de um caminho para a terceira via. .
Lamentável. Lastimável a situação em que se envolveu o vereador Ronivaldo Maia, do PT, flagrado em tentativa de feminicídio da mulher com quem mantinha relacionamento. Punido com a suspensão de filiação partidária, não está livre de perda de mandato.

Vice do Piauí. Apesar de já entrar no PL “tomando conta” da sigla, Bolsonaro terá que respeitar a exigência do “centram”, que quer um nordestino para seu vice em 2022. Pelo que já tem sido amplamente comentado, essa escolha recairia no senador piauiense Ciro Nogueira, Secretário da Casa Civil.
Aumento salarial. Na Assembleia Legislativa, parlamentares tendo à frente o deputado Carlos Felipe, movimentam-se para convencer o Governo do Estado a conceder reajuste salarial de 15% aos servidores públicos estaduais. Nada mais justo para combater a cavalar inflação que cerca a categoria.

“O mais grave mal do sistema partidário brasileiro, nem é a quantidade de partidos inúteis, mas as facilidades que têm políticos inúteis de criar partidos”. Ziraldo, desenhista, chargista e escritor mineiro.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com