32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Cláudio Humberto

Lula estende tapete para Macron, que hostiliza Brasil

segunda-feira, 25 de março 2024

O Brasil voltou: voltou a ser bagunça que era
Deputado Ricardo Salles (PL-SP) ironiza recorrente bordão da esquerda

Opresidente Lula (PT) recomendou protocolo especial, com todas as homenagens, na recepção do presidente francês Emmanuel Macron, que se tem caracterizado por iniciativas de hostilidade ao Brasil. Nas redes sociais, Macron divulgou alegações mentirosas para prejudicar o Brasil, como no caso de uma foto de incêndio na floresta em território peruano, feita 20 anos antes, de autor já falecido, como “prova” de que o Brasil estaria destruindo a Amazônia por meio de incêndios criminosos etc.

Golpe baixo
Além de mentir, Macron agiu para inviabilizar o que pudesse beneficiar o Brasil, como o acordo Mercosul-União Europeia, prestes a ser celebrado.

Lacração permitida
Lula aceitou a exigência lacradora de Macron de na terça (26), ir recebê-lo em Belém, sede da COP 30, e não na capital, como prevê o protocolo.

Agro como alvo
Macron impôs exigências incumpríveis ao agro brasileiro, baseadas em mentiras, claro, como forma de proteger o ineficiente agro europeu.

‘Feiúra’ como pretexto
O francês passou a perseguir o Brasil após o então presidente Bolsonaro citar a “feiúra” da mulher, Brigitte Macron, 25 anos mais velha que ele.

Muy espertos
Dois espertos deputados lideram dez frentes parlamentares, cinco cada: Felipe Carreras (PSB-PE) e Celso Russomano (PP-SP).

Junto e misturado
Temas das frentes dos dois deputados vão da defesa da aviação civil, da nutrição, até a defesa do comércio de moto peças e da Polícia Federal.

Frentes S.A.
A petista Erika Kokay (DF) coordena quatro frentes, assim como Carlos Henrique Gaguim (União-TO), Flávia Morais (PDT-GO), entre outros.

Quem precisa de sigilo
Após Lula decretar sigilo secular a 1339 pedidos de informação, Carla Zambelli (PL-SP) resgatou vídeo do petista com o título “Quem é honesto não precisa de sigilo”. Lula ainda diz, “se é bom, não precisa esconder”.

Só federação
Não se trata de fusão. O senador Ciro Nogueira (PI) já esclareceu que não haverá fusão do União Brasil com o PP, que preside, e sim uma federação. Disse que os partidos não têm interesse em fusão.

Ele gosta é de luxo
A deputada paulista Rosana Valle destacou R$65,9 milhões gastos por Lula em viagens mundo afora para lembrar que dormita no Congresso projeto dela que obriga presidentes a se hospedarem em embaixadas.

Curiosidade
Rogério Marinho (RN), líder da oposição no Senado, apontou curiosidade sobre o noticiário político: “O inquérito das fake news continua sob sigilo, mas toda a imprensa tem acesso”.

Investigado investigando
A procuradora da República Monique Cheker diz que denúncias de coação em colaboração premiada não deveriam ser apuradas própria Polícia, e lembra das investigações autônomas do Ministério Público.

Preço da incompetência
O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) tem explicação para bloqueio bilionário do orçamento: “o governo não faz o dever de casa e depois fica tentando tapar o sol com a peneira”. Diz que é o preço da incompetência.

Frente das frentes
São tantas as frentes parlamentares no Congresso (266), que 14 não têm líder por falta de deputado ou senador. Algumas até tratam de temas relevantes, como a da Transparência Pública, com 228 membros.

Obra dos gastadores
O Ministério do Planejamento de Simone Tebet, dama do Orçamento Federal, anunciou que o governo Lula (PT) já reverteu a expectativa de superávit em 2024. Virou déficit de R$9,3 bilhões. E a gente pagando.

Pensando bem…
…é o tempo da delação nada-premiada.

Remígio Todeschini, ex-tesoureiro da CUT, falava alto em razão de uma deficiência auditiva, mas era famoso também pela falta de tato. Ao dirigir uma seção do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), impaciente com a fala do conselheiro Rodolfo Tavares, da Confederação Nacional da Agricultura, o petista se virou para o economista Carlos Augusto Gonçalves, que secretariava a reunião, e, sem perceber que o microfone estava aberto e ampliava sua voz para toda a sala, “segredou”: “Carlos Augusto, esse Rodolfo Tavares, além de direita, é um filho da p(*)!” A reunião, obviamente, acabou.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com