32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Macário Batista

Os dramas de todos e de cada um

segunda-feira, 18 de março 2024

Os dois blocos mais importantes de eleitores do Ceará, em tamanho e representatividade, são as metropolitanas de Sobral e Juazeiro do Norte. Sobral ainda não botou seu bloco na rua, por isso trato primeiro de Juazeiro onde, comumente estouram escândalos e vexames mentirosos e verdadeiros, ou ainda mesclados de verdades, inverdades e 50 tons de cinza. Bloqueado pela chapada do Araripe, onde reina o Soldadinho com sua fita vermelha na cabeça, o Crajubar costuma apresentar, quando a eleição, seja ela qual for se aproxima, maldosa ou criminosamente, jamais inocente, nomes como novidades, velhos caciques, e, em todas as situações, denúncias, traições, troca-troca de siglas e $$$ por voto e vai pela ai. Agorinha mesmo estourou a conversa de que o prefeito do Juazeiro do Norte teria aprontado com o negócio da coleta de lixo. Isso rende. Rende pra toda sorte e qualidade de gente que se envolve com a política de lá. As citações, por sinal, são jejunas de seriedade e fartas de caminhos calçados com cédulas de toda monta. De outro turno, na banda de Sobral, os vexames são até mais discretos, mas igualmente debatidos no Beco do Cotovelo e nas rádios, onde cada uma tem um time, um lado, uma cor. Este pleito que toma chegada tem uma grande novidade e vem do berço do mais tradicional em ação; sem Prados, sem Barretos a novidade é o moço da escola superior que acena, em meio à briga dos irmãos(saudades da Mãe deles pra botar tudim de castigo, ajoelhados em caroços de milho) com afagos a um deles, exatamente o que provocou o vendaval tirando de tempo uma candidatura vitoriosa ao Governo do Estado depois de apanhar de toalha molhada do povo do Estado e de lá, da camarinha que lhe deu pena e bico. A indefinição de Sobral é mais preocupante que a de Juazeiro do Norte até porque, o diabinho que sopra no meu ouvido esquerdo fica dizendo “diz que é o Cid” e o do lado direito fica gritando “dia que é a Izolda”. É uma toada sertaneja, onde o cabra nem pestaneja pra escutar como é. Aí dentro, sopra o Falcão do alto do Pereiro.

Ponta virada. Não era ensaio. Não era balão. Não era fogo fátuo. Era o jogo sendo jogado. No fim de semana viraram a ponta do prego. Prego batido, ponta virada. O sr. Catanho é, de fato, o candidato do Prefeito Valim e de todo o PTzão, em Caucaia.

A bala de prata
O ex-deputado estadual do Ceará, Delegado Cavalcante, cantou na praça pública quem se não ganhasse nas urnas, ganharia na bala. Não ganhou nem atirou. Pegou um gancho de 8 anos do TSE sem poder ser candidato a nada.
Fogo no parquinho
Cid Gomes deu o mote sobre quem fará os 50 tons de cinza em Sobral:- O Ivo vai ter sabedoria e humildade para escolher o candidato a ser o seu, dele, substituto na Prefeitura.Pelo menos o adversário eles já sabem quem será.
Identidade
Pais e mãe do PT, Elmano, Camilo e Luizianne, decidiram que o sr.Catanho, um cabeça petista raiz, será o candidato do partido à Prefeitura de Caucaia. A luta começa em fazer o povo entender a identidade dele com o município.
Não parou aí
O nome de Luizianne Lins não foi retirado da planilha de custos da estrela vermelha para disputar Fortaleza. Pelo menos até o dia 21 o PT continuará tendo os cinco nomes na grade para escolher um e disputar Fortaleza.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com