32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Fernando Maia

Tentativas e muitos erros

terça-feira, 19 de março 2024

A reunião ministerial realizada ontem, e convocada pelo presidente Lula da Silva, segundo se tornou pública desde o dia em que foi convocada, não chegou a pegar ninguém de surpresa, a começar pelos 38 ministros que compõem o seu “staff”. O referido evento, que cuja realização já era esperada, tinha, segundo a imprensa política, como objetivo uma reforma ministerial, constante de trocas de pastas entre os ministros, ou a substituição de algum ou alguns deles, para arranjos políticos. Entretanto, foram algumas pesquisas feitas pelos institutos Quaest e IPEC, que trouxeram insônia, principalmente para o próprio presidente, sobre quem os números relacionados com aceitação ou renegação ao seu governo funcionaram como sinal de alarme para quem se julgava no pináculo da popularidade. Não precisa nem ir além das páginas dos jornais ou dos noticiários para se saber que, entre outros pontos, o excesso de pauta estrangeira, a inflação dos preços de alimentos, convivência forçada com o “centrão”, as indecisões no campos econômico e fiscal, além da falta de entrosamento entre os ministros, não só pela grande quantidade deles e pelas diferenças partidárias que eles representam. Fala-se na aplicação de um “freio de arrumação”, quando uma das muitas causas dessa situação tem sido o desnível entre a competência de alguns ministros, agravada pelas diferenças entre os recursos de que suas pastas dispõem. Acrescentam por aí que, se ministros como Fernando Haddad, da Economia, Geraldo Alckmin, da Indústria Comércio e Serviços, e Simone Tebet, do Planejamento, tivessem mais liberdade e recursos a situação de Lula e do Governo seria outra.

Apoio ao campo. Hoje, em Chorozinho, o governador Elmano de Freitas, já liberado pelos médicos que o livram da pneumonia, realiza o ato mais aguardado pelos agricultores do Ceará. Em frente à Matriz da cidade, ele comanda um ato destinado a presentear os produtores com um grande projeto de investimentos, para o desenvolvimento rural, em que estão incluídas políticas de investimentos, modernização da atividade agrícola, convivência com o semiárido, segurança hídrica, aquisição de alimentos e regulamentação fundiária. Para isso há recursos assegurados.

Campanha acirrada. Em Maracanaú, enquanto o prefeito Roberto Pessoa, amplia e entrega de obras e projetos, adversários, principalmente de PL se preparam para enfrentá-lo, à cata de nomes à altura para mais essa batalha. Os casos mais recentes seriam a entrada do na jogada, deputado federal Júnior Mano, e da Dra. Silvana pré-candidata apadrinhada pelo “menino” Carmelo Neto.
Táticas e táticas. Mergulhado totalmente na organização e coordenação das alianças e campanhas no interior, o senador Cid Gomes (PSB) vai advertindo que será impossível juntar todos os partidos aliados do Governo nos mesmos palanques, já que muitos deles estarão se enfrentando. Ele adverte que as estratégias de campanha da capital e interior são bem diferentes.
Evandro de ala em ala. Na sua estratégia destinada a abrir os Caminhos para a sua indicação pelo PT à Prefeitura de Fortaleza, o deputado Evandro Leitão teve mais um encontro com uma das muitas alas do PT. No sábado, foi a vez de ele ouvir e roçar ideias com os componentes da Militância Social, que tem a liderança do ex-presidente da CMF ex-deputado Acrísio Sena.
Pra festejar. Lideranças de todos os setores de atividades da região da Chapada do Araripe têm tudo para comemorar a decisão da UNESCO de estudar a indicação daquela magnífica região para Patrimônio Mundial. Segundo o que apurou a UNESCO, poucas regiões do país e do Ocidente mostram a riqueza, a beleza e potencialidade turística ali presentes.
Batalhas pesadas. Segundo informa o comando do PT-CE, esse partido se prepara para a mais dura das batalhas no Ceará. Segundo eles, porque ao partido não quer vencer apenas em municípios de pequeno e médio porte, mas, com destaque, em redutos políticos de maior força do Estado, como Caucaia, Juazeiro, Maracanaú, Sobral e outros, onde o alvo é não perder.
Compromisso sério. Conforme declarações da deputada Lia Gomes sobre os comentários de que ela poderia o grande nome para a Prefeitura de Caucaia, argumentou ter grande apreço pela cidade e pelo povo, entretanto, se aceitasse seria, com certeza uma atitude injusta para com os mais de 65 eleitores, dos 184 municípios que a colocaram na Assembleia Legislativa.
“Exército” anti-Catanho. Mal foi chegou ao público indicação do jornalista Waldemir Catanho, e o ambiente político de Caucaia tomou conhecimento de que, para encarar o petista se encontram prontos para entrar na briga Zé Gerardo (PDT), Deuzinho (UB), Emília (PSDB) e Aguinaldo (PL). O Abolição é avisado de que todos estariam juntos num segundo turno eleitoral.
Elogios à ministra. Para o deputado Eduardo Bismarck Maia (PDT), justificam-se os elogios que têm sido dirigidos à atuação da ministra Simone Tebet, do Planejamento, por todos os membros da bancada federal do Ceará. Para ele, Simone mostra visão avançada, ao propor a criação da Comissão de Avaliação de Gastos, para corrigir exageros nos gastos.

“Não existe dinheiro público, mas, dinheiro do povo, que precisa ser aplicado por esse mesmo povo”. Ministra Simone Tebet, do Planejamento.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com