32 C°

27 fevereiro 2023.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Flávio Torres

Um pouco de muita gente

segunda-feira, 27 de fevereiro 2023

O projeto “Novos Olhares Para Monalisa, Coleção Veridiana Brasileiro”, que reúne releituras da grande obra Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, feitas por diversos artistas, abre mais uma vez seu acervo para visitação pública, em sua 23ª exposição.

As obras que serão exibidas na CAIXA Cultural Fortaleza, a partir de amanhã, até o dia 30 de abril, apresentam um recorte de uma coleção que conta a história de Veridiana Brasileiro, uma médica sonhadora e colecionadora, que se apaixonou tardiamente pela arte. Ao refletir sobre as mudanças e benefícios que o contato com a arte trouxe para sua vida, decidiu tornar pública sua coleção.
Com mais de 50 mil visitantes, todas as 22 exposições do projeto “Novos Olhares para Monalisa” ocorreram no Ceará, nas cidades de Fortaleza, Eusébio, Sobral, Quixadá, Juazeiro do Norte, Aracati, Barbalha, Crato e Nova Olinda. Além da exibição virtual que aconteceu no Cine São Luiz. Nesta edição, que recebe o apoio do Grupo BSPAR e da CAIXA, o visitante terá a oportunidade de conhecer a mostra em 3 salas, ou, em 3 tempos, divididos pelas temáticas do regional, pop contemporâneo, bem como experiência e memória.

Algumas releituras da Monalisa serão apresentadas ao público pela primeira vez, e quem for conferir a exposição também poderá apreciar uma obra “site specific”. Para Andréa Dall’Olio Hiluy, que assina a curadoria e o design da exposição, a releitura tem sua base no processo de recriação, quando ocorre um posicionamento crítico do artista perante a obra original, apresentando em produção, novos conceitos, que possibilitam que a obra ganhe novos significados.

À medida que a coleção foi sendo formada, a colecionadora despertou para o interesse de apresentá-la ao público, com a intenção de formação de público para a arte e de disponibilização de suas obras para a educação artística, apresentando diversas técnicas, estilos e artistas. Esta mostra é um mergulho no universo pictórico de releituras da obra iconográfica do mestre renascentista Leonardo da Vinci, que se entrelaça com as composições de artistas da nossa contemporaneidade.
Só tendo Deus no coração o procedimento natural de Gardênia Sousa. Vive para servir.
Dr. Carlos Pimentel e Denise Pinheiro foram para Belo Horizonte na passagem carnavalesca.
Nando Frota, DNA do inesquecível seu pai Fernando Frota, esnobou qualquer convite de Carnaval e ficou na cidade.

Iane Sousa preferiu Itapipoca no reinado momino.
As crânios Cellina Landim e Raissa Loana deram show na Malaysia Inovattion and Creativity Association, a Miica 23.
Ambas cearenses, 15 anos, inteligências privilegiadissimas.
Apresentaram recentemente trabalho de fuso matemático sobre “Construindo Padrões do Sistema Caótico de Órbitas Relativas Entre Astros numa Matriz de Multiplicação Radial” de raríssima beleza.
Inês Helena Rodrigues e Silva, sábado, e Geórgia Sâmara, hoje, marcantes aniversariantes. Parabéns.
Muita gente foi conferir o lançamento do livro da jornalista Livia Barreira no Café Passeio do Passeio Público.

Orgulhoso estava seu pai Zeferino Barreira, que foi o aniversariante de ontem, domingo 26. A coluna aproveita e o parabeniza.
Ja quem lança seu livro no dia 01 no Centro Cultural Banco do Nordeste é a querida Joana Angélica. A obra é fruto da sua tese de doutorado e intitula-se “Sobra a arte e o tempo – entre o pensar e o sentir”.
Implantação do e-TCE Ceará e Selo Diamante pela transparência são destacados nos relatórios de atividades.

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará enviou à Assembleia Legislativa os Relatórios de Atividades referentes ao 4º trimestre e ao ano de 2022. Os documentos apresentam ao legislativo e à sociedade a atuação do órgão no âmbito das atividades de controle externo e na gestão administrativa, e atende aos art. 37 da Constituição Federal e ao art. 76 da Constituição Estadual.

Com o objetivo de democratizar o acesso à cultura e ao entretenimento no Brasil, a Vivo apresenta, por meio do Ministério da Cultura, o projeto Vivo Música, que une Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará, com a regência do maestro Renato Misiuk, e Matheus Fernandes, em Fortaleza. O show gratuito acontece no dia 04 de março, sábado, a partir das 19 horas, no Aterrinho, na Praia de Iracema, em Fortaleza. A abertura fica por conta do Quinteto de Metais da Universidade Federal do Ceará.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com