32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Colunista - Fernando Maia

Vice, hoje, é como peito de homem: Só serve pra nome de rua

quinta-feira, 25 de abril 2024

A posição do vice que sempre tem sido tratada como posição secundária, é, a despeito disso, de muita relevância notadamente quando o escolhido possui peso eleitoral. Vale lembrar também que a ascensão à condição de vice-presidente, vice-governador e vice-prefeito já teve mais peso, nos pleitos dos anos 40 e 50, quando o candidato e os vices eram votados em separado, mas não em chapa única, o que exigia dos candidatos à vice terem prestígio em nível de quem encabeçava uma chapa. Exemplo disso é que em 1960, quando Jânio derrotou o Marechal Lott, o vice-presidente reeleito foi Jango Goulart vice desse ilustre militar. Depois das mudanças de regras e com as chapas já contendo os seus vices, essa posição passou a ser mais cobiçada, quando o “cabeça de chapa” goza de favoritismo. Esse tema está sendo alvo de comentários, quando o assunto é a pré-candidatura do deputado Evandro Leitão à Prefeitura de Fortaleza. Chiquinho Feitosa, do Republicano, e Domingos Filho, do PSD, pedem preferência para suas siglas, sendo que Domingos já colocou a disposição o nome da sua filha Gabriela Aguiar, inexperiente deputada de primeiro mandato pra secundar o candidato do PT. Chiquinho e Domingos, ambos filhos de Tauá, estão contaminados pela febre sem cura do condenável mal da ambição pessoal.

Deodato autentico. Na Superintendência do IBAMA o ex-vereador e ex-procurador Deodato Ramalho atirou nos comandantes do PT, por conta dos critérios adotados para a escolha de Evandro Leitão. Fiel seguidor de Luizianne cumpriu o seu dever com a coragem que faltou a alguns “companheiros” criados para ser gente no berço de Luizianne Lins. Autentico, não seria capaz de negar agora, o seu apoio a um quadro emblemático do PT.

Numa boa. Em Sobral, a ex-governadora Isolda Cela com a classe de sempre, vai articulando com lideranças regionais a abertura dos caminhos para a sucessão do prefeito Ivo Gomes. Como já tem ao seu lado o governador Elmano, o ministro Camilo, e o senador Cid, só resta convencer a vereadora Cristiane Coelho, do PT, a renunciar pelo bem do povo.
Não pegou bem. Ninguém sabe quem são os “conselheiros” do governador e muito menos os do prefeito Sarto Nogueira. Sabe-se, que alguns palpiteiros estão insuflando esses dois políticos a trocarem farpas, o que, com toda a certeza, não pode ser bom um estado que necessita de mais harmonia entre seus líderes.
Recuperando eventos. O setor de eventos artísticos, culturais, científicos e esportivos que chegou quase a ser varrido por conta da pandemia de COVID-19, caminha para ser recuperado com o acordo entre Lula e lideranças do Congresso, que resultou na aprovação de recursos de R$ 15 bilhões para agradar os festeiros.
O importante é salvar. Para o senador Cid Gomes (PSB), não adianta criticar a liberação dos bilhões de reais destinados a renegociar dívidas de pequenos empreendedores pelo governo Bolsonaro. O importante foi recuperar da falência milhares de empresas ameaçadas de fechar suas portas.
Cobertor curto. Segundo divulgou a Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal do Estado do Ceará, 70 municípios deram aumento salarial ao pessoal da Educação. Apenas um, Irapuan Pinheiro, concedeu o percentual de 14,62%. Os demais, mal chegaram aos 3,62%. Quase falidos, os municípios oferecem o que podem.
Mal entendido. Num programa político na cidade de Tianguá, foi noticiado que o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio havia completado uma maratona. Algumas pessoas entenderam que ele estaria pronto até para ser candidato de novo, se Sarto não emplacasse. Foi preciso um desmentido de Fortaleza, para abafar o mal-entendido.

“Um partido não destrói outro ao derrotá-lo; esse é papel de inimigos da democracia querendo destruir as células formadoras dos bons políticos.”
Senador Espiridião Amin (PP-SC).

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com