32 C°

quinta-feira, 23 de setembro de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Arte + Agenda

Artista nordestino usa internet para gerar debates sobre problemas cotidianos

segunda-feira, 13 de setembro 2021

 Valmir Lins, artista alagoano, residente no Ceará, vem desenvolvendo um trabalho sensível por meio das suas redes sociais. O perfil no Instagram @valmirlins, que já conta com mais de 60 mil seguidores, é palco para reflexões e debates sobre os altos e baixos do dia a dia. 

Foto: Divulgação

Formado em gestão de pessoas e graduando em psicologia, Lins acredita que a internet é um espaço democrático para exibição e reconhecimento de trabalhos artísticos “A internet traz à tona a possibilidade de vitrine de talentos que antes precisavam recorrer a grandes veículos de comunicação para serem notados”. Porém, para ele, mesmo com o recurso tecnológico, a gama de talentos é muito grande para ser totalmente percebida “ A vitrine está democrática, mas, vida nenhuma será suficiente para olhar todas as opções que temos”, explica.

Em seu perfil, o artista aborda temas como medo, a dúvida, a violência psicológica e auto aceitação “Acredito que quando a gente naturaliza o nosso eu vulnerável, essa condição passa a não ser mais algo que machuque ou envergonhe tanto. Eu, por exemplo, tenho quase que uma experiência de cura quando, através do contar da minha história, consigo dar luz à história parecida que o outro está vivendo. É como se não somente eu tivesse aprendido, mas ajudado um coletivo a não cometer o mesmo erro, no mesmo nível, que eu”, detalha.

A história de Valmir Lins com a internet, começou de forma bastante pessoal, gravando vídeos para exorcizar suas próprias dores e conseguiu assim, se conectar com outras pessoas. O artista, na publicação sobre auto aceitação, intitulada “Eu não tenho vergonha de mim” chegou ao número de 10 mil compartilhamentos e mais de 100 mil visualizações. O trabalho de Valmir foi reconhecido nacionalmente e entre os seguidores estão outros artistas como, Tiê, Mariana Aydar, Marina Lima, Bruno Gagliasso e até a advogada e campeã do bbb 2021, Juliete Freire. “Tenho deixado minha intuição me guiar, os temas me escolhem e eu os acolho. Compartilhar com as pessoas e ser aceito por elas é uma grande realização de quem teve que se calar durante tantos anos”, diz Valmir.

Futuramente, o trabalho tem expectativa de sair do mundo virtual e  se tornar um livro, que já está em fase de produção. ”Em cada expressão do contexto do cotidiano, há uma exposição. A gente constrói as ideias e convicções com base na nossa própria experiência. E se expor é um ato de coragem. Nem todo mundo tá disposto a escancarar a sua vulnerabilidade”, afirma o artista.

Mais conteúdo sobre:

arte internet Valmir Lins

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com