32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Com exoneração de Izolda, aliança PT-PSB dá mais um passo para municipais no Ceará

terça-feira, 04 de junho 2024

Movimentações das últimas semanas no xadrez partidário local apontam que Izolda deve disputar Prefeitura de Sobral, de onde seu marido, Veveu Arruda (PT), já foi prefeito

Kelly Hekally

Izolda Cela, ex-número 2 do MEC e uma das principais aliadas do ministro Camilo Santana no Ceará / Foto: Reprodução / X

Nome consolidado da base política do ministro Camilo Santana, Izolda Cela (PSB) não é mais a número 2 do Ministério da Educação (MEC). A exoneração da ex-governadora do Ceará, publicada nesta segunda-feira (3), em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), sinaliza um arranjo político de fortalecimento PT-PSB nas cidades brasileiras com foco nas eleições deste ano.

Até a publicação deste conteúdo, Izolda não havia se manifestado sobre sua saída da pasta federal. Camilo Santana fez uma postagem na manhã desta terça-feira (4), em que agradece a atuação da cearense.

“Obrigado, minha amiga Izolda Cela, companheira de tantas lutas, por toda sua dedicação à frente da Secretaria Executiva do Ministério da Educação. Que Deus ilumine seus próximos projetos. Seguimos juntos!”. Quando a também ex-secretária de Educação de Sobral assumiu o cargo, em 2023, havia expectativa de que sucedesse Camilo em eventual afastamento permanente do ex-governador.

As movimentações das últimas semanas no xadrez partidário local apontam que Izolda deve disputar a Prefeitura de Sobral, de onde seu marido, Veveu Arruda (PT), já foi prefeito. A cidade era reduto dos Ferreira Gomes até antes do início da divergência entre PT-PDT no Estado.

Saiba mais
“Praticamente certa”, diz PSB sobre saída de Izolda do MEC
Izolda abre caminho para disputar Prefeitura de Sobral

PROJETO PT-PSB
A relação entre PT e PSB iniciada com a chapa Lula-Alckmin em 2022, nas eleições gerais, vem buscando fortalecimento no país. O Ceará foi alcançado pela dobradinha das siglas. Próximo a Camilo Santana, o senador Cid Gomes, por exemplo, deixou o PDT e faz parte do PSB.

Em mandato de reeleição, Ivo Gomes também migrou do PDT para o PSB. Ciro Gomes permanece no PDT. Como integra o mesmo partido de Izolda, somado ao racha da família, Ivo Gomes deve fazer palanque para sua correligionária, que vê também o nome de sua filha, Luisa Cela (PSB), como favorito na legenda para disputar a Prefeitura de Fortaleza como vice, ao lado de Evandro Leitão (PT), presidente da Assembleia Legislativa de Fortaleza (Alece).

Como noticiou O Estado CE na semana passada, porém, Luisa Cela enfrenta resistência de nomes do PSB ligados à “ala Cid”, que defendem a vereadora Enfermeira Ana Paula (PSB) como vice de Evandro para a disputa. As escolhas serão ratificadas em convenção entre 20 de julho e 5 de agosto deste ano e posteriormente informadas à Justiça Eleitoral.

Natural de Sobral, Izolda consolidou sua carreira política com a bandeira da educação, abrindo caminho no Estado para o fortalecimento da área dentro da política pública. De perfil discreto nas redes sociais até assumir o Governo do Estado, em 2022, quando da desincompatibilização de Camilo Santana para concorrer ao Senado, a ex-gestora passou a ser mais atuante.

No período em que ficou como secretária-executiva do MEC, Izolda tinha o hábito de compartilhar em perfis sociais sua atuação à frente da pasta federal.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com