32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Elmano: foco serão facções e NE sinalizou a Lula que União também precisa intervir

sexta-feira, 21 de junho 2024

Declarações foram dadas no Palácio da Abolição, após primeira reunião do Comitê Estratégico de Segurança Integrada do Ceará. “Não recuaremos”, aponta gestor

Kelly Hekally

Coletiva de imprensa nesta sexta (21) sobre luta contra criminalidade no Ceará / Foto: Helene Santos / Governo do Estado

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (21), o governador Elmano de Freitas (PT) anunciou que as estratégias de segurança pública no Ceará, neste momento, vão focar em organizações criminosas. A declarações foram dadas no Palácio da Abolição, após a primeira reunião do Comitê Estratégico de Segurança Integrada do Ceará (Coesi). “Não recuaremos”, apontou o gestor.

O gestor afirmou também que oito governadores do Nordeste se reuniram nesta quinta-feira (20) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para pedir apoio integral da União no combate à violência e ao crime organizado. O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Abelardo Benevides; o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Roberto Sá; e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), Evandro Leitão (PT), participaram da reunião, além de autoridades policiais.

“Estamos na primeira reunião do comitê, que tem a presença dos demais Poderes. “Tomamos as primeira decisões, que passam pelo fortalecimento da Vara de Delito de Organizações Criminosas, do Poder Judiciário, uma vara específica, para que possamos atuar juntos para enfrentar [o crime organizado]”.

Elmano citou o fortalecimento do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) estadual, da Delegacia de Repressão das Organizações Criminosas da Polícia Civil do Ceará (PCCE), “todas com recurso de estrutura ou de pessoal, com ampliação imediata do setor de inteligência”.

GOVERNADORES E LULA
Elmano disse que oito governadores do Nordeste apresentaram ao presidente Lula, juntos, a “preocupação com o tema da seguranhça pública”. Raquel Lira (PSDB) e Fátima Bezerra (PT), de Pernambuco e Rio Grande do Norte respectivamente, participaram do encontro, ocorrido no Abolição.

“O presidente Lula, compreendendo a importância”, diz Elmano, afirmou que vai debater a solicitação dos gestores nordestinos com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, e com demais ministros, bem como com seus ministros ex-governadores, “para em seguida reunir os governadores para estabelecer um plano comum de segurança pública para o país”.

“Nós do Ceará queremos levar à compreensão do Executivo, mas também do estado brasileiro”. Na coletiva, o governador cearense também se referiu a politicas sociais como mecanismo de luta contra o crime. Elmano informou que os policiais em formação a serem apresentados logo mais, às 18h30, em solenidade no bairro Messejana, começarão a atuar neste fim de semana, e, sem mencionar data, que novos concursos serão anunciados.

Questionado sobre a renegociação da dívida dos estados junto so Governo Federal, o gestor mostrou-se descontente com a decisão de perdão da dívida dos estados do Sul e Sudeste e que defendeu que não é justo que “os estados que não devem nada não terem benefícios”.

“O presidente se mostrou sensível”, complementou, considerando ainda que o debate com Ministério da Fazenda será realizado pelo Consórcio Nordeste e pelo Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Receita, Tributação ou Economia dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz).

Mais conteúdo sobre:

Elmano de Freitas

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com